Pastor mata a amante e estupra a filha dela, na Baixada Fluminense, RJ

Um pastor e tenente reformado da Marinha foi preso, ontem  sob acusação de ter matado uma mulher, que seria sua amante e ainda por ter estuprado a filha da mesma, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

Marcos Antônio da Silva Lima, de 53 anos, levou as duas vítimas para um matagal. Ele estuprou a filha da mulher e depois atirou contra elas. A menor, de 14 anos, conseguiu escapar, fingindo que estava morta.

A motivação do crime seria vingança. O pastor mantinha um caso extra conjugal com a mulher, Jane da Silva de Jesus, de 36 anos. Ela se negou a continuar o romance e ele a matou; a jovem que estava no local na hora do crime, era filha da vítima e também foi alvejada, mas, não morreu. Ao ser baleada a jovem se fingiu de morta e conseguiu escapar. A mãe dela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A polícia apreendeu, em poder do suspeito, três armas, munição, facas, toucas, luvas, documentos.











Com informações do G1