sexta-feira, 13 de julho de 2018

Justiça proíbe Lula de fazer campanha na prisão .



 Créditos da foto : MMsponto.com

O ex-presidente Lula sofreu um revés com a decisão da juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara de Execuções Penais de Curitiba, que negou pedido da defesa para que ele pudesse participar da convenção do PT, além de gravar vídeos ou dar entrevistas na prisão. 

A defesa do petista vai recorrer ao TRF-4. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu que o STJ e o CNJ investiguem o desembargador Rogério Favreto, que mandou soltar Lula no domingo.