">

Em grampo, Gilmar promete ajudar Aécio em voto do abuso de autoridade

Gravações autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no âmbito da Operação Patmos, deflagrada na quinta-feira 18 contra o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), colocam o ministro Gilmar Mendes, do próprio STF, em uma situação delicada.

Gilmar foi gravado em uma conversa ao celular com Aécio na qual prometia a ele ajudar a aprovar o projeto de lei do abuso de autoridade. Esse projeto, de acordo com a Procuradoria-Geral da República, era um dos estratagemas usados pelo senador tucano para barrar as investigações da Operação Lava Jato. Joesley Batista, dono da JBS e delator cujo depoimento é a base da Patmos, afirmou que tratou com Aécio a respeito deste projeto no bojo das negociações entre os dois para barrar da Lava Jato.






https://www.cartacapital.com.br