">

O jornal o Diario de Maringá soltou essa bomba .




Não tem como entender a contratação Pupin /Barros, faltando 1 mês para os Barros darem adeus para Maringá.
Mas a maldade e a esperteza e tanta que não estão dando ponto sem nõ.
Contratar mais de 700 servidores numa crise dessa no final de mandato e retaliação ao novo prefeito.
Caracteriza golpe politico.
Os Barros estão fazendo isso para que Ulysses não venha cumprir as promessas feitas com os servidores públicos já operantes na administração.
Ohhh Barros ajuda nos ai ,sacanear o próximo prefeito e pensar pequeno ,vocês perderam e devem aceitar o fato por erros que cometeram e irão pagar ainda mais ,pois vocês não trabalham a favor do povo .
O que ocorre, eles queimando o novo prefeito com os servidores e fazendo de tudo para segurar os recursos que virão para a cidade,faz com que eles voltem daqui 4 anos.
Podem ate voltar mas na sacanagem ninguém merece.
Ficaremos de olho.





 Materia de Markinhus+