Fazenda de Pupin vai a leilão com lance inicial de R$ 44 milhões

José Pupin
Uma fazenda do produtor rural José Pupin, irmão do prefeito de Maringá, Carlos Roberto Pupin (PP), conhecido como “Rei do Algodão”, vai a leilão judicial na próxima quinta-feira, com valor de lance inicial de R$ 44 milhões. A informação é de Airton Marques, no site Midia News.
O imóvel, de 3.780 hectares, está localizado em Santo Antônio de Leveger, às margens da BR-364, e tem avaliação de R$ 73,5 milhões.
De acordo com a empresa responsável pelo leilão, a Mega Leilões, a Fazenda São Vicente foi dada como garantia a empréstimos realizados pelo produtor com o Banco Rabobank Internacional Brasil, que moveu uma ação de execução de título extrajudicial na 44ª Vara Cível de São Paulo (SP).
Segundo a descrição do site de leilões, a fazenda é destinada ao cultivo de grãos e produtos agrícolas em geral. Além de reserva ambiental, que chega a 50% da área total.
O imóvel ainda tem: telefone; internet; iluminação; casas de alvenaria comum destinadas à moradias de funcionários; uma pequena igreja para a prática de orações; serraria desativada; churrasqueira; um pequeno campo de futebol para a prática desportiva; um barracão em estrutura metálica utilizado para guarda de tratores implementos, sementes e insumos; e escritório.
O megaprodutor rural enfrenta dificuldades com seu grupo empresarial que está em processo de recuperação judicial. O grupo JPpupin, que declarou dívidas de R$ 898,2 milhões, é composto pelas empresas Armazéns Gerais Marabá Ltda., Marabá Agroindustrial e Nutrição Animal Ltda., JPupin Indústria de Óleos Ltda., JPupin Reflorestamento Ltda., Marabá Construções Ltda. e Cotton Brasil Agricultura Ltda.




http://angelorigon.com.br